"Eu não sou uma sonhadora. Só devaneio para alcançar a realidade!" C.Lispector

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Eu não entendo porque você me come com os olhos se não quer me comer à noite na cama.
Não consigo destinguir se seu olhar é de desejo, contemplação ou se você apenas devaneia sem me enxergar (pra variar).
Você é tão indecifrável! Isso porque convivo com você, diariamente [hoje parece que sei menos de você do que ontem] e apesar disso parecer, há algo nas entrelinhas de suas palavras (muitas vezes monossilábicas) que me dá a certeza que eu sei mais, mais do que você gostaria, mais do que seu frio coração gostaria de deixar escapar.
Já sei desfazer sua pose de estátua rígida e armar um sorriso sincero no em sua face de marfim, sei fazer brotar uma gargalhada tão gostosa que atinge o ar como um estrondo de trovão (que não assusta, e sim chama pra perto.)
Tudo que sei, é que sei mais de você do que você gostaria, pois tem medo de ficar dependente de mim sendo que nunca foi de ninguém, dependendo do meu 'bom dia' para que você tenha um dia bom.
Sei suas carícias preferidas, mesmo você insistindo em dizer que não gosta de 'melações', que não gosta de contato, sei que gosta quando clamam por você e sente falta quando não lhe dão atenção... Quando ri e cora sei que há verdade por trás do que foi dito em forma de brincadeira, e sei que também há vontade. (e ah, tanta vontade que parte de mim e paira no ar entrecortante de nossas respirações tão próximas.)
Quanto menos atenção você me dá, mais você pensa esconder o querer. Mais eu insisto em lhe ter. Mais você quer me bater, me morder, me ser e me viver.

Mas você serra os dentes, não vê que a chance está passando...
e não vai voltar.

13 comentários:

  1. Eu não entendo porque você me come com os olhos se não quer me comer à noite na cama.

    Essa primeira fase foi bizarra kkkkkkkkkkkk

    muito legal o texto, parabéns senhorita, bjos

    e passa lá again ;)

    ResponderExcluir
  2. O que dizer desse texto? Fiquei pensando por alguns segundos e nada melhor me veio à mente do que:
    " Azar o dele, sorte sua"...

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  3. Nossa cara, que intenso isso. Muito intenso.
    É tão complicado às vezes ter de tentar decifrar vontades, caras e sentimentos...

    Eu não sei se sou linda ou gostosa.

    Beijo Grande.
    P.S.:Adorei sua visita na minha casa.

    ResponderExcluir
  4. Claro que pode. Não só pode como deve. E assim também farei!
    Passarei por aqui sempre.

    Beijocas.

    P.S: Fiquei tentando imaginar um dia roxo. [ risos]

    ResponderExcluir
  5. "Eu não entendo porque você me come com os olhos se não quer me comer à noite na cama."

    Socorro!! com esse texto...

    moça de palavras diretas, você.
    ~
    se o moço deixar a chance passar, você assim pra ele ó:
    perdeu, preibói!

    ^^

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto, como sempre!

    Odeio esse chove-não-molha. Ou ele quer ou ele não quer.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. a chance está passando, queria dizer isso para alguem mas não consigo..

    ResponderExcluir
  8. Caraca, eu sei tudo sobre esse tipo de sorrisos, ''que não gosta de 'melações', que não gosta de contato'' quando na verdade não é bem assim.
    Essas pessoas são complicadas, cara! E a chance passou mesmo, talvez não pra mim, mas passou. :/

    ResponderExcluir
  9. mulher, agarra este homem e lhe dê um beijo, depois vire as costas.. Se for o que ele estava esperando, não vai te deixar partir... ;*


    =) obrigada pelo coment lá no blog clandestina-felicidade

    ResponderExcluir
  10. É, Clarice fala o que a maioria esconde ou não consegue falar. Ela é verdadeira. Adorei seu blog. Você escreve bem, sei lá, bastante direta. rs

    Posso virar seguidor? Se gostou do cladestina-felicidade e quiser seguir também ...Ah, mas antes deixa eu explicar a situação: eu divido o blog com uma amiga. Não é problema nenhum, é só pra você saber mesmo :D
    beijo.

    ResponderExcluir
  11. Oi moça...
    =)
    lembrei de uma frase solta: "eu não quero alguém que me adore, quero alguém que me ame"

    ResponderExcluir
  12. adorei seu texto. faz a gente pensar mesmo

    ResponderExcluir

"Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando - até que não caibo em mim e estouro em palavras." - C. Lispector