"Eu não sou uma sonhadora. Só devaneio para alcançar a realidade!" C.Lispector

domingo, 3 de outubro de 2010

goodbye my lover

Folhas voam ao vento tal como borboletas, rasguei suas cartas de amor. A caneta rabiscada naquela caligrafia que sempre penei para entender hoje nem precisava ler. Eu sabia o que você dizia mesmo de boca fechada, sabia o que se passava em sua mente mesmo quando fingia não pensar em nada. Nosso passado se foi e como ele eu fui petrificada em sua memória, você não viu as evoluções ou mudanças ocorrendo dentro de mim. Quando externalizei meus segredos mais profundos, minhas idéias mais alucinantes, tudo que você fez foi correr na direção oposta. Você não nasceu para ser um caçador de furacão, não nasceu para me amar. Só sabia fugir da minha fúria incontrolável e natural, da minha (auto)destruição.
Caí em prantos, me tornei cacos esparramados ao chão - que você não veio juntar e nem ao menos tentou colar. De que adianta procurar alguém a vida toda se quem lhe faz inteiro é você mesmo? Nada vale pensar em completitude. Vivemos eternizando esse chamado amor e esquecemos que não precisamos de outro ser para pô-lo em prática, somos capazes disso sozinhos (in)felizmente. O amor é uma relação unipessoal. Sentimentos emaranhados são como um jogador de facas vendado, eles se desamarram e não sabem onde vão parar. Meu último adeus se fez no momento que suas declarações - que eu sabia de cor - se juntou às águas do mar, no belo dia que se tecia ao longe.






"and every true word that you ever spoke
was really decieving.
Now I'm leaving this time
cos this is my last goodbye"

9 comentários:

  1. Nossa gostei muito do que li por aqui, meus parabéns, vou seguir ok? Dá um pulo lá no meu e dá uma olhada, axo q vc vai gostar. Me siga tbm se possível :p

    ResponderExcluir
  2. Nossa, é impressionante o que você escreveu, sério!
    Eu terminei meu namoro de 4 anos no dia 2, e você, através dessas palavras...
    Simplificou tudo o que eu sentia por dentro!
    Beijoos, lindo texto!

    ResponderExcluir
  3. lindo e tocante, amei o titulo, e o modo (emocionante) que conduziu o texto.

    http://terza-rima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. também tô te seguindo...
    E obrigada pela visita no meu Blog!!
    Beijinhooos

    ResponderExcluir
  5. Saudades de te ler..

    é, a vida tem cada uma.. que só rindo.. e continuando a viver!

    ResponderExcluir
  6. Toda vez que vejo um post novo no blog venho logo conferir. Teus textos são realmente muito bons e eu adoro o modo como você conduz o texto de uma forma dinâmica, mas sem fugir do que você realmente quer dizer. Sigo.

    Se puder, segue o blog:

    http://contoexpresso.blogspot.com/

    Beijooos

    ResponderExcluir
  7. Nossa na hora em que li seu post a vontade que deu foi de escrever escrever e externar tudo o q seu post me fez pensar...(in)felizmente...me indentifiquei um bocado com ele...passa lá e confere um post em especial:"a boneca de pano e o senhor massinha de modelar"...que eu escrevi e gostaria de compartilhar* bjo te espero

    ResponderExcluir

"Eu vou me acumulando, me acumulando, me acumulando - até que não caibo em mim e estouro em palavras." - C. Lispector